Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Selecione

Capítulo 32

Texto Original

Caput XXXII

Contra curiositatem librorum.

 

62 
1 In libris testimonium Domini quaerere, non pretium, aedificationem, non pulchritudinem edocebat. 
2 Paucos tamen haberi volebat, eosdem ad fratrum egentium necessitatem paratos. 
3 Unde cum quidam minister libros ambitiosos multumque valentes eius licentia retinendos expeteret, audivit ab ipso: “Librum Evangelii quod promisi, pro tuis libris perdere nolo. 
4 Tu quidem quod volueris facies (cfr. 2Re 24,12); mea non fiet licentia laqueus”.

Texto Traduzido

Caput XXXII

Contra a curiosidade dos livros.

 

62 
1 Ensinava que nos livros devemos procurar o testemunho do Senhor e não o seu valor material; a edificação e não a aparência. 
2 Queria que fossem poucos e à disposição dos frades que precisavam. 
3 Por isso, quando um ministro lhe pediu licença para ter uns livros de luxo e muito preciosos, ouviu esta resposta: “Não quero perder pelos teus livros o livro do Evangelho, que professei. 
4 Faz o que quiseres, contanto que não seja com a desculpa da minha licença”.