Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Selecione

Capítulo 93

Texto Original

Caput 93

Qualiter solatia quae aliquando faciebat exterius vertebantur in lacrimas et compassionem Christi.

 

Ebrius amore et compassione Christi beatus Franciscus quandoque talia faciebat; nam dulcissima melodia spiritus intra ipsum ebulliens frequenter exterius gallicum dabat sonum; 2 et vena divini susurrii quam auris ejus suscipiebat furtive (cfr. Iob 4,12), gallicum erumpebat in jubilum.
3 Lignum quandoque colligebat de terra ipsumque sinistro brachio superponens, aliud lignum, per modum arcus, cum manu dextera trahebat super illud, quasi super viellam vel aliud instrumentum; atque gestus ad hoc idoneos faciens, gallice cantabat de Domino Jesu Christo. 5 Terminabatur denique tota haec tripudia in lacrimas, et in compassionem passionis Christi hic jubilus solvebatur.
In iis continua trahebat suspiria, et ingeminatis gemitibus eorum quae tenebat in manibus oblitus, suspendebatur ad caelum.

Texto Traduzido

Caput 93

Como os consolos que, às vezes, sentia exterior­mente se convertiam em lágrimas e compaixão por Cristo.

 

1 Inebriado de amor e compaixão por Cristo, às vezes o bem-aventurado Francisco fazia coisas deste tipo: a dulcíssima melodia do espírito que fervia dentro dele, com freqüência, jorrava exteriormente em francês; 2 e a veia do murmúrio divino, que apenas o seu ouvido captava (cf. Jó 4,12), irrompia em júbilo francês.
3 Às vezes, recolhia do chão um galho seco e, colocando-o sobre o braço esquerdo, passava com a mão direita outro galho como se fosse o arco sobre uma viola ou outro instrumento 4 e, fazendo os gestos próprios para isso, cantava em francês sobre o Senhor Jesus Cristo. Por fim, todos esses tripúdios acabavam em lágri­mas, e o júbilo se transformava em compaixão pela paixão de Cristo.
Fazendo isso, soltava contínuos suspiros e, redobrados os gemidos, esquecido do que tinha nas mãos e era elevado ao céu.