Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Selecione

Capítulo 41

Texto Original

Caput 41

Quod propter malos praelatos renuntiavit officium praelationis.

 

1 Interrogatus semel a quodam fratre cur fratres sic a sua cura rejecerat et alienis eos tradiderat manibus, quasi ipsi ad eum nullatenus pertinerent, respondit: 2 “Fili mi, ego fratres diligo sicut possum, sed si mea sequerentur vestigia (cfr. 1Pet 2,21), ipsos utique plus amarem, nec me illis redderem alienum. 3 Nam sunt quidam de numero praelatorum qui ad alia trahunt eos, proponentes illis antiquorum exempla, et parum mea monita reputantes, sed quid et qualiter ipsi nunc agant in fine clarius apparebit”.
4 Et parum post, cum infirmitate nimia gravaretur, in vehementia spiritus (cfr. Ps 47,8) in lectulo se direxit, et clamans dixit: “Qui sunt isti qui religionem meam et fratres meos de manibus meis rapuerunt (cfr. Ioa 10,28)? 5 Si ad generale capitulum venero, ego eis ostendam qualem habeam voluntatem!”.

Texto Traduzido

Caput 41

Renunciou ao oficio de superior por causa dos maus superiores.

 

1 Uma vez, interrogado por um frade por que afastara os fra­des de seus cuidados e os confiara a outras mãos, como se não tivesse nada a ver com eles, respondeu: 2  “Meu filho, amo os frades como posso, mas se eles seguissem os meus passos (cf. 1Pd 2,21), amá-los-ia mais ainda e não ficaria alheio a eles. 3 Pois há alguns prelados que os arrastam para outras coisas, propondo-lhes os exemplos dos antigos e fazendo pouco das minhas admoestações; mas o que e como eles fazem agora aparecerá claramente no fim”.
Pouco depois, atacado por grave doença, ergueu-se na cama com veemência de espírito (cf. Sl 47,8) e, gritando, disse: “Quem são estes que roubaram de minhas mãos (cf. Jo 10,28) a minha religião e os meus frades? 5 Se eu for ao Capítulo geral, mos­trar-lhes-ei qual é minha vontade!”