Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Selecione

12). A canonização

No ano de 1228, no dia 16 de julho, o papa Gregório inscreveu no catálogo dos santos e canonizou o bem-aventurado Francisco. O mesmo papa canonizou a bem-aventurada Isabel, filha do rei da Hungria e mulher do landgrave da Turíngia, a qual, entre numerosos milagres, ressuscitou dezesseis mortos e deu a vista a um cego de nascimento. De seu corpo ainda hoje vê-se emanar uma espécie de óleo. Esta santa, depois da morte do marido, viveu sob a obediência dos frades menores e sempre foi muito devotada a eles (pp. 50-51).