Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Selecione

59. Os cavaleiros convidados a mendigar

Texto Original

.

1 Post reversionem de Senis et de Cella Cortone venit beatus Franciscus apud ecclesiam Sancte Marie de Portiuncula, et postea ivit ad manendum in loco Bagnarie super civitatem Nucerii: 
2 ibi de novo erat constructa quedam domus pro fratribus ubi fratres morarentur. 
3 Et mansit ibi per plurimos dies. 
4 Et quia iam ceperant pedes eius, etiam crura, intumescere ex infirmitate hydropisis, cepit ibi plurimum infirmare. 
5 Cumque audirent homines Assisii quod infirmaretur ibi, venerunt festinanter quidam milites Assisii ad locum illum ut ducerent ipsum apud Assisium, timentes ne ibi moreretur et alli haberent sanctissimum corpus eius. 
6 Et factum est dum ducerent ipsum infirmum, requierunt in quodam castro de comitatu Assisii, volentes ibi prandere. 
7 Beatus Franciscus cum sociis suis requievit in domo cuiusdam hominis, qui cum hilaritate et caritate multa suscepit ipsum. 
8 Milites vero iverunt per castrum ut emerent sibi necessaria corporis, sed non invenerunt. 
9 Et reversi sunt ad beatum Franciscum dicentes ei quasi ludendo: “Oportet, frater, ut detis nobis de helemosinis vestris, quoniam nichil habere possumus ad emendum”. 10 Et dixit ad eos beatus Franciscus cum magno fervore spiritus: “Ideo non invenistis, quia confiditis in vestris muscis, videlicet in denariis, et non in Deo (cfr. Mat 27,43); 
11 sed revertimini per domos per quas ivistis querendo ad emendum, et nolite verecundari, et queratis eis amore Dei helemosinas, et Spiritus Sanctus inspirabit eis et habundanter invenietis”. 
12 Iverunt ergo et petierunt helemosinas, sicut dixerat eis sanctus pater, et habundanter de rebus quas habebant homines illi et mulieres cum hilari[ta]te maxima exhibuerunt illis. 
13 Et reversi sunt plurimum gaudentes ad beatum Franciscum narrantes ei sicut illis acciderat. 
14 Unde pro magno miraculo habuerunt, considerantes quod ad litteram verum fuit sicut illis predixerat. 
15 Nam beatus Franciscus pro maxima nobilitate, dignitate et curialitate secundum Deum et etiam secundum seculum istud habebat, scilicet petere helemosinas amore Domini Dei:

Texto Traduzido

.

1 Depois da volta de Sena e de Celle de Cortona, o bem-aventurado Francisco foi para junto da igreja de Santa Maria da Porciúncula, e depois foi ficar no lugar de Bagnaria, acima de Nocera. 
2 Fazia pouco tempo que tinha construído aí uma casa para os frades, para que ali morassem. 
3 E lá ficou por muitos dias. 
4 E como seus pés, e também as pernas, já tinham começado a inchar por causa da hidropisia, começou a ficar muito doente nesse lugar. 
5 Quando as pessoas de Assis ouviram dizer que ele estava doente lá, vieram rapidamente alguns soldados de Assis àquele lugar para leva-lo para Assis, com medo de que morresse ali e outros ficassem com o seu santíssimo corpo. 
6 E aconteceu que quando o estavam levando doente, descansaram num castro do condado de Assis, querendo almoçar aí. 
7 O bem-aventurado Francisco com seus companheiros descansou na casa de um homem que o acolheu com alegria e caridade. 
8 Mas os soldados foram pelo castro para comprar o que era necessário para seu corpo, mas não encontraram. 
9 Voltaram ao bem-aventurado Francisco dizendo-lhe, em brincadeira: “Irmão, vai ser preciso que nos dê de tuas esmolas, porque não encontramos nada para comprar”. 
10 E o bem-aventurado Francisco disse-lhes com grande fervor de espírito: “Não encontrastes porque confiastes em vossas moscas, isto é, no dinheiro, e não em deus; 
11 mas voltai pelas casas às quais já fostes pedindo para comprar e, sem ficar envergonhados, pecai-lhes esmolas por amor de Deus, que o Espírito Santo vai inspirá-los e encontrareis com abundância”. 
12 Por isso eles foram e pediram esmolas, como lhes dissera o santo pai, e aqueles homens e mulheres lhes deram abundantemente, de tudo que tinham, divertindo-se a valer. 
13 E voltaram muito alegres ao bem-aventurado Francisco contando-lhe o que tinha acontecido. 
14 E tiveram isso por um grande milagre, considerando que na verdade aconteceu à letra o que lhes tinha predito. 
15 Pois o bem-aventurado Francisco tinha como a maior nobreza, dignidade e cortesia segundo deus e também segundo este século, pedir esmolas por amor de Deus.