Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tamanho do Texto:
A+
A-

Seis Noviços Capuchinhos realizam Profissão Religiosa em Marau - RS

21/09/2018 - 14h30
Após um ano de intensa preparação, os jovens religiosos irão assumir a forma de vida franciscano-capuchinha.

No dia 04 de outubro de 2018, Festa de São Francisco de Assis, os Freis Capuchinhos do Rio Grande do Sul irão celebrar com alegria a Profissão dos Votos Religiosos Temporários de seis jovens freis noviços que irão consagrar sua vida a Deus por meio da Ordem Capuchinha.  

Estes jovens concluem a etapa formativa conhecida por Ano Canônico ou Noviciado, que acontece no Convento São Boaventura em Marau (RS). No dia 04 de outubro se completarão 365 dias exatos em que eles recebem acompanhamento  e orientação da Fraternidade Formativa de Marau, do mestre de noviços (formador), frei Evaldo Valdir de Freitas e do vice-mestre, frei Antônio Domingos, a fim de bem conhecer e experienciar a forma de vida franciscano-capuchinha e optar por ela.

A profissão religiosa será realizada às 10 horas, presidida pelo ministro provincial do RS, frei Nilmar Carlos Gatto, na comunidade Santa Lúcia em Marau. Os profitentes são os freis: Cleiton Cruz de Oliveira, de Piratini (RS); Igor Colares Raupp, de São João do Sul (SC); e Rafael Candinho Botelho, de Criciúma (SC); pertencentes à Província do RS; juntos a estes, também estão César Jhon; Djemson Félix e Robensly Jean François, pertencentes a Delegação Missionária do Haiti, que é atendida pelos capuchinhos gaúchos. Após a missa haverá um almoço festivo por adesão. Os ingressos para o almoço devem ser adquiridos com a coordenação da Comunidade Santa Lúcia ou com os Freis de Marau.

O lema escolhido pelos noviços para este momento importante é o texto bíblico: “Aquele que vos chamou é fiel” (1Ts 5,24), a fim de recordar que Deus sempre está fielmente presente, vai conduzindo, animando e abençoando os passos e a vida daqueles que livremente se consagram ao serviço e às causas do Reino.

A cerimônia do dia 4 marcará ainda o ingresso ao Noviciado de outros seis jovens que estavam vivenciando a etapa formativa do Postulado em Cuiabá (MT), serão estes os novos freis noviços: Alissom Souza da Rocha, de Colorado do Oeste (RO); Antônio Wallison Carneiro de Andrade Oliveira, de Porto Velho (RO), Hítalo Roan de Jesus Gomes, de Espigão d'Oeste (RO); Lucas José Silveira Ramos, de Comodoro (MT); e Wellington Douglas, de Nova Canaã do Norte - (MT), estes pertencentes à Custódia Provincial São Francisco de Assis - Mato Grosso e Rondônia, e, junto a estes, está Pedro Miri, de Marau (RS), que pertence a Província gaúcha.

 

SAIBA MAIS

O que é o Noviciado?

De acordo com as Constituições dos Freis Capuchinhos “é um período de mais intensa iniciação e de experiência mais profunda da vida evangélica franciscano-capuchinha em suas exigências fundamentais; requer uma decisão livre e madura de provar nossa forma de vida religiosa”. Mesma decisão livre e madura é exigida aos jovens freis no momento da Profissão Religiosa, onde são emitidos os votos de consagração: Obediência, Castidade e Pobreza, ou não ter nada próprio.  Concluído o Ano do Noviciado, os novos freis (neo-professos) passam para a etapa formativa conhecida como Pós-noviciado, ou juniorato, onde irão estudar Filosofia. Os freis naturais do Rio Grande do Sul e Haiti passam a residir nas cidades gaúchas de Santa Maria ou Pelotas. Já os freis naturais do Mato Grosso e Rondônia passam a residir na cidade  Porto Velho (RO). 

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Frei Cristian Martins Almeida (Frat. Santa Maria)

Deixar um comentário