Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tamanho do Texto:
A+
A-

Para conhecer e viver os valores carismáticos da Ordem

15/02/2020 - 08h29
Documento enfatiza o processo formativo dos frades

Nos últimos seis anos a Ordem dos Frades Menores Capuchinhos contou com uma comissão, composta por diferentes frades, para discutir a formação franciscana nos tempos atuais. Esse trabalho desembocou na elaboração de uma Ratio Formationis. A Ratio é um documento a respeito da formação para a nossa vida de frade menor, visando nossa missão, carisma e espiritualidade.

Todas as grandes Ordens e Congregações religiosas dispõe de uma Ratio Formationis com o objetivo de assegurar os valores carismáticos essenciais das mesmas. Esse documento é uma abertura para que a linguagem formativa esteja em comum acordo na Ordem nos diferentes lugares e culturas onde vivemos. Não se trata de um documento normativo e burocrárico, mas sim de uma frutuosa obra de reflexão sobre os pilares fundamentais do nosso ser franciscano.

A Ratio Formationis foi publicada oficialmente no dia 08 de dezembro de 2019, Solenidade da Imaculada Conceição - Patrona da Ordem Seráfica. O Minsitro Geral, frei Roberto Genuin, emitiu uma carta por conta da promulgação da Ratio, onde enfatizou que

[...] a Ratio vem para constituir um quadro de referência comum, que garante a transmissão dos valores que nos caracterizam como frades capuchinhos, e, ao mesmo tempo, favorece a criatividade e a flexibilidade quando se trata de encarná-los em diversos contextos culturais, valorizando tudo o que é bom e evidenciando aqueles aspectos que necessitam de um ulterior fortalecimento ou mesmo de uma correção. Estou convicto de que conhecer e viver os valores carismáticos da nossa Ordem de modo mais coerente nos ajudará a superar muitas das coisas que agora nos preocupam.


No site oficial da Cúria Geral da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos é possível ter acesso a carta de promulgação do Ministro Geral e ao texto oficial da Ratio Formationis. Para tanto, basta clicar aqui. Esta é primeira vez que os capuchinhos aprovam um documento dessa natureza, que vem à luz com contribuições significativas:

Jesus e Francisco: a radicalidade do seguimento de Jesus e o itinerário da vida de Francisco, com todas as suas crises, são reafirmados como referência da vocação e da formação dos frades.

Personalização e Cooperação: cada vez mais, percebe-se a necessidade de respeitar os tempos e os ritmos de cada pessoa, por meio de acompanhamento personalizado. Ao mesmo tempo, oferecer aos frades a oportunidade de colaborar em outras frentes de missão, por meio de acordos de coorperação entre as unidades territoriais da Ordem, mostra-se um traço atual do carisma da fraternidade. Somos formados de maneira personalizada, mas para sermos frades disponíveis ao mundo.

Cultura: a compreensão e o respeito pelas culturas locais é uma decisão expressa da Ratio. Os traços fundamentais do carisma franciscano precisam encontrar expressões legítimas, em cada cultura. Com as palavras de Frei Jaime Rey: "será preciso encontrar um rosto de Jesus e de Francisco em cada cultura".

Contra o clericalismo e o provincialismo: na afirmação da identidade capuchinha, marcada pela Fraternidade, a Minoridade, a Contemplação e a Missão, assume-se uma postura clara contra dois grandes problemas do nosso tempo: o clericalismo e o fechamento dos frades apenas em seus territórios.

Verdadeiro processo: durante a formação (que dura toda a vida), de maneira progressiva, deverão ser observadas as várias dimensões que compõem o itinerário formativo da Ordem - dimensão humana, dimensão espiritual, dimensão intelectual, dimensão missionário-pastoral - todas elas compreendidas e vividas a partir do carisma franciscano.

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Frei Douglas Leandro de Oliveira (Conferência CCB)

Deixar um comentário