Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tamanho do Texto:
A+
A-

Jovens Freis celebram a Vestição do Hábito Capuchinho em Marau - RS

26/10/2018 - 16h42
Os jovens noviços receberam a vestimenta oficial da Ordem dos Capuchinhos em uma celebração realizada na capela do Noviciado, com a presença de confrades e do vigário provincial do RS.

Na sexta-feira, 26 de outubro, durante uma missa que teve início às 06h20, realizada na capela do Convento São Boaventura em Marau – RS, aconteceu o rito da Vestição do Hábito Capuchinho aos seis freis noviços: Alisson de Souza Rocha (RO), Antônio Wallison Carneiro de Andrade Oliveira (RO), Hítalo Roan de Jesus Gomes (RO), Lucas José Silveira Ramos (MT), Pedro Angelo Miri (RS) e Wellington Douglas dos Santos (MT). 

A celebração contou com a participação dos freis: Evaldo Valdir de Freitas (mestre dos noviços), Antonio Domingues (vice mestre dos noviços), Antonino Zandoná, Francisco Pressi, Isaias Bordignon e Renor Antônio Pegoraro, todos residentes do Convento de Marau, atual sede da etapa formativa do noviciado da Província do RS e da Custódia do MT e RO. Esteve também presente, presidindo a celebração, frei Eudes Angelo Capellari, que é vigário provincial dos capuchinhos gaúchos e pároco na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Santa Maria – RS.

No decorrer da celebração frei Eudes abençoou o Hábito e Cordão, peças que compõem a tradicional vestimenta dos Capuchinhos, que depois foram solenemente vestidos pelos noviços. Na sequência da vestição, frei Eudes dirigiu algumas palavras aos seis jovens freis, dizendo que "o Hábito Capuchinho é sinal de nossa consagração a Deus, sinal também de humildade, de simplicidade, de alegria, como nos lembra propriamente as Constituições dos Capuchinhos. O Hábito nos serve, sobretudo, para recordar do compromisso que assumimos como religiosos consagrados a Deus e a Igreja. Quando o utilizamos, precisamos ter consciência disto tudo”. Por fim, desejou que os noviços façam um bom uso do Hábito, que os sirva como sinal de santificação, e que os jovens construam uma bonita caminhada na etapa formativa que estão vivenciando.

Saiba mais

O que é o noviciado?

É uma etapa onde acontece uma iniciação mais intensa e uma experiência mais profunda da vida evangélica franciscano-capuchinha em suas exigências fundamentais, e supõe uma opção livre e madura pela vida religiosa. Nesta etapa o jovem passa a ser chamado pelo título de "Frei" - Irmão - recordando que ele é convidado a ser irmão de todas as pessoas e criaturas, a exemplo de São Francisco de Assis. O jovem também recebe a vestimenta oficial da Ordem, o Hábito Capuchinho.

 A formação do frei noviço fundamenta-se nos valores de nossa vida consagrada, conhecidos e vividos à luz de Cristo, das intuições evangélicas de São Francisco e das tradições da Ordem Capuchinha. No final da etapa, que dura exatamente um ano, o Noviço passa a fazer parte da Ordem Capuchinha oficialmente, quando realiza sua Profissão Religiosa Simples, onde assume viver sua consagração a Deus de forma casta, obediente e sem ter nada de próprio. A Província dos Capuchinhos do Rio Grande do Sul e a Custódia dos Capuchinhos do Mato Grosso e Rondônia realizam esta etapa formativa em conjunto.

Notícia com colaboração do noviço Frei Lucas José Silveira Ramos

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Frei Cristian Martins Almeida (Frat. Santa Maria)

Deixar um comentário