Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tamanho do Texto:
A+
A-

Papa Francisco criará 13 novos cardeais, dois deles são Capuchinhos.

25/10/2020 - 10h07
A criação dos Cardeais se dará no dia 28 de novembro.

O Papa Francisco anunciou na manhã deste domingo, 25, a nomeação de dois Franciscanos Capuchinhos para Cardeais. São eles: frei Celestino Aós Braco (Arcebispo de Santiago - Chile) e frei Raniero Cantalamessa (pregador apostólico). A criação dos Cardeais se dará no próximo Consistório, marcado para o dia 28 de novembro. Oremos para que Deus abençoe a vida de nossos irmãos e sua nova missão neste serviço à Igreja. 

Frei Celestino Aós Braco, OFMCap é Arcebispo de Santiago, Chile. Frei Aós é originário de Navarra, na Espanha. Formado em Filosofia, Teologia e Psicologia. Foi Promotor de Justiça do Tribunal Eclesiástico de Valparaíso, Juiz do Tribunal da Arquidiocese de Santísima Concepción e Tesoureiro da Associação Chilena de Direito Canônico.

Frei Raniero Cantalamessa, OFMCap é o pregador da Casa Pontifícia desde 1980. Esse cargo foi criado no século XVI e suas atividades eram exercidas pelos religiosos das ordens mendicantes. Todavia, em 1753 o Papa Bento XIV, em seu breve Inclytum Fratrum Minorum, reservou o ofício de Pregador Apostólico exclusivamente aos  Franciscanos Capuchinhos. O Papa Bento XIV afirmava que esse ofício foi reservado aos capuchinhos pelo exemplo de piedade cristã, perfeição religiosa e zelo apostólico encontrado na Ordem.

 

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Frei Douglas Leandro de Oliveira (Conferência CCB)

Deixar um comentário