Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tamanho do Texto:
A+
A-

Faleceu Frei Alcir Antônio Galina, OFMCap

20/07/2021 - 09h43

Após uma vida dedicada ao carisma franciscano capuchinho e vivenciado a superação, faleceu no dia 19 de julho de 2021, às 22h50, em Camargo, RS, sendo velado na Capela da Paróquia São José Operário, em Sananduva, RS, onde, às 16h horas ocorrerá a missa de despedida, presidida pelo Ministro Provincial, Frei Nilmar Carlos Gatto. Será sepultado no Cemitério Municipal de Sananduva.

Frei Alcir tinha 65 anos, 42 de vida religiosa e 37 de ordenação sacerdotal. Filho de Valdemar Marino Galina e Marieta Segalla Galina, nasceu no dia 31 de julho de 1955 em Sananduva|RS . Ingressou no Seminário de Vila Flores em 1969. Fez o noviciado, no Convento São Boaventura, em 1978, onde aconteceu profissão dos votos religiosos, no dia 02 de fevereiro de 1979. Foi ordenado presbítero no dia 14 de janeiro de 1984, por Dom Henrique Gelain, na Igreja Matriz São João Batista, Sananduva. Desempenhou o ministério apostólico, fraterno e pastoral nas comunidades de Ijuí, como vigário paroquial, nos anos 1984 e 1985; atuou como mestre dos postulantes (1986 a 1988), vigário paroquial e pároco, durante os anos de 1989 a 2000, na Paróquia Senhor Ressuscitado, Areal, em Pelotas. Em 2001, fixou novamente residência em Ijuí onde atuou como pároco, na Paróquia São Gerado. A partir de 2005, priorizando os cuidados de sua saúde, residiu por breves períodos em Ijuí, Sananduva, Porto Alegre e Soledade.  Em 2017, com a saúde parcialmente restabelecida, realiza a sua última missão como vigário paroquial na Paróquia Santo Antônio, no município de Camargo. Frei Alcir era um frade dotado de sensibilidade, criatividade, bom humor e espírito fraterno.

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Por Frei Vandrigo Zacchi (Equipe de Assessoria de Mídias - Capuchinhos RS)

Deixar um comentário