Cookies e Política de Privacidade
O Capuchinhos RS utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tamanho do Texto:
A+
A-

SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO – 04/07/2021

Publicado por Frei Carlos Raimundo Rockenbach | 28/06/2021 - 08:29

SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO – 04/07/2021

“São Pedro, São Paulo e Papa Francisco, vidas transformadas e transformadoras!”

 

ACOLHIDA

Animador: Queridos irmãos e irmãs, sejam todos bem-vindos! São Pedro e São Paulo, celebrados hoje, fizeram de suas vias uma verdadeira doação. Deixaram-se tocar por Jesus e foram transformados. Seus testemunhos, por sua vez, transformaram o mundo. Comemoramos também o Dia do Papa. Acolhamos o quadro do nosso querido Papa Francisco e rezemos para que sua missão e palavras toque e transforme os corações de toda humanidade. Cantemos jubilosos.  

 

ATO PENITENCIAL 

Animador: Pelo Batismo, pertencemos à mesma Igreja de Pedro e Paulo. Refletindo sobre a nossa missão e buscando inspiração na história destes apóstolos e missionários, peçamos perdão...

- Pelas vezes que falta FIRMEZA em nosso testemunho, Senhor tende piedade de nós

- Pelas vezes que não vivemos com ENTUSIASMO nossa missão, Cristo tende piedade de nós

- Pelas vezes que não enfrentamos com CORAGEM os desafios e dificuldades da caminhada, Senhor tende piedade de nós.

 

GLORIA

Animador: Cantemos louvores a Deus pelos dons da firmeza, do entusiasmo e da coragem dos nossos primeiros apóstolos, Pedro e Paulo, que deram voz na formação da Igreja. 

 

LITURGIA DA PALAVRA

1ª Leitura: At 12,1-11 

2ª Leitura: 2Tm 4,6-8.17

Evangelho: Mt 16,13-19

 

REFLEXÃO

- Celebrar São Pedro e São Paulo é celebrar a vida e a missão da igreja na sua totalidade. Para entender e assumir esta missão com paixão é básico e fundamental saber quem é Jesus para nós.  Quem não souber responder a essa pergunta dificilmente será discípulo de Jesus e não entenderá a missão que ele confiou a Igreja. Jesus leva os discípulos a Cesareia de Filipe, região periférica de Jerusalém, com todos os seus problemas de periferia, para que eles enxergassem claramente a Jesus e a sua missão longe daquilo que Jerusalém representava e próximo daquilo que representava a sua missão. Pelo relato do Evangelho constatamos que naquele tempo havia muita confusão em torno da pessoa de Jesus. Hoje não é diferente. A confusão continua. Basta ver a multiplicidade de religiões e movimentos que se denominam cristãos, no entanto, muitas vezes usam o nome de Jesus e a boa fé de pessoas simples e pobres para construir impérios econômicos. 

- Diante da pergunta feita por Jesus, Pedro convictamente respondeu: “Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo”. Para ter a convicção de Pedro e Paulo, para conhecer Jesus, é preciso encontrar-se com Ele em pessoa todos os dias, e permanecer com ele como verdadeiro discípulo que segue seus passos, ouve a sua Palavra e a coloca em prática.

- Pedro um simples pescador que vivia em Cafarnaum, às margens do mar da Galileia, foi o primeiro a ser chamado para seguir Jesus, junto com seu irmão André. Deixaram tudo e o seguiram. Mesmo com suas limitações humanas e dificuldades de entender a grandeza e a novidade da proposta de Jesus, recebeu dele a incumbência de coordenar a Igreja nascente, sendo o primeiro Papa, recebendo a missão de ser base e elo de ligação, de mediação entre o céu e a terra através dos sacramentos e das ações missionárias, do comprometimento com a defesa da vida, sobretudo com a vida dos indefesos. Por isso é uma missão desafiadora. Quem a assumir verdadeiramente estará sujeito a perseguições, porque os poderes do inferno estão sempre apostos para atacar os que lutam pela justiça e o direito. O poder da morte não será vencedor, pois quem está com Cristo está fortalecido nesta rocha inabalável.

- Paulo, perseguidor ferrenho dos cristãos, encontrou-se com Jesus a caminho de Damasco. Este encontro com Jesus em Pessoa transformou-o no maior missionário de todos os tempos. Um apaixonado por Cristo e seu Evangelho a ponto de afirmar: “Já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim... e ninguém pode nos separar do amor de Cristo”. Este amor o compromete com a missão, dizendo: “Ai de mim se eu não evangelizar”. E já prevendo seu martírio, com serenidade e confiança exclama: “Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé”.

- O Papa Francisco, sucessor de Pedro, hoje encarna com fidelidade a missão de Pedro e Paulo e como eles, apesar das adversidades, da forte oposição dentro e fora da Igreja é a maior autoridade moral em nosso mundo mergulhado numa crise de valores, crise de humanidade. Com alegria contagiante, vigor missionário e testemunho profético, resgatando o Jesus humano e próximo do povo, é o grande sinal de esperança para a humanidade. 

- Que todos nós, em nossa missão, na família e na comunidade, tenhamos sempre estes grandes discípulos missionários de Cristo: Pedro, Paulo e Francisco como inspiração e modelo.  

PRECES DA COMUNIDADE

Animador: Façamos nossas preces com o espírito renovado pela palavra que ouvimos e meditamos. Após cada prece rezemos: São Pedro e São Paulo, intercedei a Deus por nós!

 

1 - Pelo nosso Papa Francisco, para que possa ser sempre reconhecido como sucessor de Pedro, sendo fiel na missão de ter o serviço da caridade de dirigir a Igreja de Cristo, rezemos.

2 - Que as manifestações e pedidos do Papa, neste Ano Santo da Mariano, nos motivem a seguirmos a missão de Pedro e de Paulo de sermos testemunhas de Cristo no mundo, rezemos.

3 - Pelas nossas comunidades, que sejam sempre movidas pelos gestos de fé em Deus, construindo a Igreja sobre o fundamento dos apóstolos Pedro e Paulo, rezemos.

 4 - Que assumamos atitudes de edificação e promoção da fé em serviços na comunidade, na família, na escola, no trabalho e na sociedade, rezemos

OFERTÓRIO

Animador: Junto ao pão e ao vinho, oferecemos ao Senhor as nossas vidas transformadas. E agora, cheios de entusiasmo, nos colocamos a serviço, pois estamos cientes do nosso papel na continuidade da Igreja que conta com a atuação de cada um de nós. Cantemos.

 

COMUNHÃO

Animador: Participemos com fé da eucaristia, pois é nela que buscamos forças para, tal qual os Santos Pedro e Paulo, nossas vidas sejam um contínuo testemunho cristão.  Cantemos com alegria.

 

Sobre o autor
Frei Carlos Raimundo Rockenbach

Frei Capuchinho da Província Sagrado Coração de Jesus, Rio Grande do Sul