Capuchinhos, 22 de outubro 2014, quarta. Boa noite!
      

Siga os Capuchinhos 


  • HOME
  • QUEM SOMOS?
  • ONDE ESTAMOS?
  • O QUE FAZEMOS?
  • CONTATO
  • MAPA DO SITE

  •      
     
    22/06/2012,08h42


    Houve um homem enviado por Deus que se chamava João

    Liturgia da festividade de São João Batista 24 de junho de 2012

    1.Introdução

    Festa da Natividade de São João Batista. Festa solene ocupando o espaço litúrgico do Domingo. É festa de alegria para a Igreja, pois, Deus cumpre com sua promessa e envia o precursor, aquele que prepara os caminhos do Messias (enviado) que nos vai salvar!

    Deus o chamou antes mesmo de nascer; estava predestinado para preparar o coração do povo para acolher o Messias. O tempo da espera acabou; agora, é alegria, pois, o Messias está perto. Os caminhos vão ser aplainados para facilitar sua chegada!

    Acolher a salvação não era destino para os antigos, apenas; é proposta para cada um de nós! O Messias continua chegando e se oferecendo como Salvador. Primeiro, quem são os precursores que o anunciam para nós a chegada do Salvador? E, segundo, como é que nós acolhemos a salvação hoje, oferecida por Deus como uma oferta de amor pessoal. Como é que você acolhe Jesus que chegando para você como presente enviado por Deus Pai?

    2.Palavra de Deus

    Is 49,1-6 – O “servo de Javé” é chamado desde o seio materno para anunciar a salvação, não só ao Povo de Israel, mas a todos os povos. A missão não será fácil para o servo (profeta), mas ele tem a certeza da proteção divina, não obstante o pouco êxito de seu anúncio. Entre os destinados do anúncio estamos nós! Como é que nós acolhemos a Palavra de Deus?

    At 13,22-26 – João Batista é o servo encarregado de preparar os caminhos para o Messias. Pregou um batismo de penitência para purificar o coração do povo. Teve êxito em sua missão, mas não roubou a glória do Messias. Disse: “Eu não sou o Messias; Ele virá depois de mim, é tão grande que eu nem sou digno de desatar a correia de suas sandálias!”

    Lc 1,57-66.80 – Isabel, velha e estéril, dá à luz um filho sadio e lhe põe o nome de João - Deus se mostrou misericordioso – O nascimento do Menino encheu a todos de alegria, desatou a língua de seu pai, Zacarias, e todos cantaram louvores a Deus, pois, Ele está cumprindo sua promessa: o Salvador está chegando!

    3.Reflexão.
    • É gostoso contem

    plar e meditar o nascimento de João Batista: Deus o santifica ainda no seio de sua mãe, Isabel, e todos se perguntam a respeito de seu destino: “Que virá a ser este menino?” Aquele povo, logo, se pergunta a respeito dos caminhos de Deus para João Batista. Não é bem assim que procedemos nós, quando recebemos um filho! Ele é mais propriedade nossa que escolhido por Deus e destinado a uma missão!

    • Nós, também, nascemos um dia, saímos da barriga de nossa mãe e será que alguém se perguntou a respeito de nosso destino? Qual será o destino para o filho que Deus nos concedeu? Não nos apropriemos dos direitos de Deus! Ele é nosso criador e Senhor!

    • Você, também, pode ser um “precursor de Deus”, um “João Batista” que prepara os caminhos de Deus no coração do povo de nosso tempo, a começar, pelo coração de seus próprios filhos! Não nos preocupemos com o time para quem nosso filho vai torcer; procuremos saber qual o destino que Deus preparou para ele!

    • Por fim, não pense que pregar a Palavra de Deus seja missão, apenas, dos outros! Esta missão é, também, sua. Seja um fiel precursor de Deus no coração de seu povo, de seu próximo e de sua família.

    “Ele veio para dar testemunho da luz e preparar um caminho para o Senhor!

    Tags: ,
    por Frei Carlos Zagonel.
     
         


         
       
         

     
    Rua General Sampaio, 161 - Caxias do Sul - RS - 54 3220-9400
    Entre em Contato